Júri

Emanuela Siqueira

Júri Longas-Metragens

Mestranda em Estudos Literários na UFPR, pesquisa as implicações de gênero na tradução, na literatura e no cinema. É membro do Elviras – Coletivo de Mulheres Críticas de Cinema e escreve sobre cinema desde 2008, atualmente colaborando com o site Quadro por Quadro.

Gil Baroni

Júri Longas-Metragens

Gil Baroni é diretor, produtor, roteirista, montador e artista multimídia. Sócio da produtora Beija Flor Filmes, suas obras mais recentes abordam a temática LGBT, como o premiado documentário curta-metragem “Horizonte de Eventos”, selecionado para festivais do Brasil e do mundo, e que conta a história de um jovem portador do vírus HIV; o longa-metragem ficcional “Alice Júnior”, em pós-produção, que trata da vivência de uma adolescente trans que quer dar o seu primeiro beijo; e o curta-metragem ficcional “Eutanásia Virtual”, em pré-produção, que narra as consequências do bullying contra um adolescente trans. Gil Baroni já foi professor no curso de Cinema e Vídeo da Faculdade de Artes do Paraná, e atualmente é professor na pós‐graduação Cinema: Projetos, Processos e Reflexões, da Universidade Positivo.

Bruna Machado

Júri Curtas-Metragens

Possui graduação em Audiovisual pela Universidade de Brasília (UnB) e mestrado em Literaturas pelo Programa de Pós-Graduação em Literatura da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), onde atualmente realiza o doutorado. Professora colaboradora do curso de Cinema e Audiovisual da Universidade Estadual do Paraná (Unespar), ministra disciplinas referentes à história, teoria e linguagem cinematográfica.

Dieison Marconi

Júri Curtas-Metragens

Doutorando no Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (PPGCOM- UFRGS). Mestre em Comunicação Midiática e Bacharel em Comunicação Social pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Integra o Grupo de Pesquisa em Processos Audiovisuais (PROAv-UFRGS) e o Moviola – Laboratório de Estudo, Pesquisa e Produção em Memória e Narrativas Audiovisuais (UFSM). Recebeu o prêmio nacional Eduardo Peñuela na categoria de Melhor Dissertação de Mestrado de 2016, oferecido pela Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação (Compós). Tem experiência na área da Comunicação, com ênfase em mídias, gêneros e sexualidades, atuando principalmente nos seguintes temas: Estudos Queer; Cinema Queer; Mídias e movimentos LGBT; Documentário brasileiro; Autoria Cinematográfica; Antropologia do cinema; Estéticas e narrativas audiovisuais.

Matheus Moura

Júri Jovem

Matheus Moura, tenho vinte e dois anos, moro em Curitiba há doze anos e há dois tive o primeiro contato com a arte, na série “Nóis por Nóis”, atuando como protagonista, e no curta “Horizonte”. A partir disso passei a conviver com a arte todos os dias, aprimorando-me no beatbox, fazendo teatro, produzindo conteúdos audiovisuais para internet com o canal CTALIGADO e também para o Festival Internacional de Curitiba como youtuber, e, recentemente, atuando no filme “Alice Júnior” como um dos personagens principais.

Renata Lisboa

Júri Jovem

Futura paramédica, escritora, cineasta, tradutora, veterinária… Ou para onde o acaso me levar.

Natacha Oleinik

Júri Jovem

Natacha Oleinik, 22 anos, estudante de Cinema e Audiovisual na Universidade Estadual do Paraná – FAP. Está finalizando seu primeiro curta-metragem documental e também atua como pesquisadora em educação e gênero.